FRASES DO DIA

Abrace o novo dia com a força e determinação do guerreiro que luta para conquistar a vitória mais importante da sua vida.

Nunca é cedo demais para dizer “preciso de você” assim como nunca é tarde demais para dizer “me perdoe”. Tenha um ótimo dia!

Total de empresas aumentou 18,3% no período analisado pelo IBGE.Pessoal ocupado passou de 478,4 mil em 2003 para 673,0 mil em 2006.

Do G1, em São Paulo

O total de pessoas empregadas no setor de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC brasileiro) cresceu 40,7% entre 2003 e 2006, segundo estudo inédito divulgado nesta sexta-feira (4) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O pessoal ocupado no setor passou de 478,4 mil (2003) para 673,0 mil (2006). O maior aumento ocorreu entre 2005 e 2006. Em 2004, o total de empregados era de 542 mil (13,28% de crescimento ante 2003). Em 2005, subiu para 593,59 mil (9,51%). Em 2006, o aumento em relação a 2005 foi de 13,38%.


Já o total de empresas aumentou 18,3% no período analisado, passando de 55.597 (2003) para 65.754 (2006). O faturamento líquido atingiu, em 2006, R$ 205,9 bilhões, aumento de 47,38% na comparação com 2003 (R$ 139,69 bilhões).

Segundo o estudo, quase metade (48,2%) das pessoas ocupadas trabalhavam em empresas com 250 ou mais pessoas em 2006. Em relação ao valor adicionado/valor da transformação industrial do setor, a participação das grandes empresas foi ainda maior (76,1%).

Em 2006, as atividades de tecnologia da informação e comunicação estavam concentradas na região Sudeste, que respondia por 65,6% do pessoal ocupado e 64,4% do valor adicionado/valor da transformação industrial. Depois, ficou a região Sul, com 13,2% e 11,6%, respectivamente.

As empresas do setor estavam concentradas nas atividades de serviços, que passou de 95,3% (2003) para 95,6% (2006). As empresas industriais representavam 3,3% em 2003, contra 3% em 2006. Já o comércio cresceu de 1,4% (2003) para 1,5% (2006).

Atividades

Embora apresente queda na participação, passando de 92,4% (2003) para 89,7% (2006), as empresas em atividades de informática continuam mostrando o maior peso relativo do setor. A atividade de telecomunicações respondeu por 3,7% em 2006 e as industriais, por 3%.

O salário médio mensal do setor apresentou uma queda real de 1,6%, entre 2003 e 2006. No entanto, apesar dessa queda, o salário médio mensal pago, em 2006, pelo setor (R$ 2.025,18) foi bastante superior à média da economia geral (R$ 937,48).

Reações:  

0 Response to ' Emprego no setor de tecnologia cresceu 40,7% em 3 anos, diz IBGE '

Postar um comentário

VÍDEO DA SEMANA